Sobre Bolsas

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção costuma receber anualmente quotas institucionais de bolsas de estudo concedidas pelas agências financiadoras CAPES e CNPq. A aprovação no processo de seleção não garante acesso à bolsa. Além da dependência de concessão de bolsas realizadas por essas agências, o currículo Lattes do aluno é avaliado pela Comissão de Bolsa que estabelece critérios de desempenho acadêmico e classificação dos interessados. Para a implementação e manutenção da bolsa, o aluno precisa cumprir os requisitos estipulados pelas agências e pela Comissão de Bolsa, que são:

1) Estar regularmente matriculado no curso;

2) Dedicar-se em tempo integral às atividades do curso;

3) Ter desempenho satisfatório para a manutenção da bolsa;

4) Fixar residência em Florianópolis ou grande Florianópolis;

5) Não possuir vínculo empregatício, de nenhuma espécie, seja em empresa privada, serviço público municipal, estadual ou federal;

6) Comunicar à Comissão de Bolsa quando da alteração de qualquer um dos requisitos;

7) Comprometer-se a ressarcir às agências financiadoras caso ocorram irregularidades durante o recebimento da bolsa.

A bolsa de mestrado de R$ 1.500,00 é depositava mensalmente e tem duração máxima de 24 meses. A bolsa de doutorado de R$ 2.200,00 é depositava mensalmente e tem duração de 48 meses.

Abaixo encontra-se a Regulamentação de cada tipo de Bolsa.

Bolsa CAPES – Portaria 076/2010

Bolsa CNPq – RN 017/2006

Sobre acúmulo de bolsa com outro auxílio financeiro, acesse: ESCLARECIMENTOS SOBRE A PERCEPÇÃO DE BOLSAS CAPES E CNPq